Plano de negócios: o que é e porque ele é tão importante para sua empresa

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sabia que falta de planejamento, de capacitação e de gestão são as principais causas que levam uma empresa a falir? O planejamento precisa ser prioridade de quem está pensando em empreender. Ele precisa ainda ser documentado, para ser sempre consultado e até reavaliando para alcançar os objetivos. O nome disso é plano de negócios, que deve ser bem estruturado para evitar tais imprevistos que podem culminar no desmoronamento do empreendimento, antes mesmo de ter um ano de existência.

O que é plano de negócios?

Um plano de negócios é um documento que descreve por escrito os objetivos e quais passos devem ser dados para que as metas sejam alcançadas. O documento permite identificar e restringir os possíveis erros no papel, evitando assim cometê-los no mercado. Com ele é possível analisar um panorama geral e responder às perguntas: vale a pena abrir, manter ou ampliar o meu negócio?
Em suma, a importância de um plano de negócios é fazer com que o empreendedor consiga, entender certas fragilidades ou certas oportunidades que as vezes, quando essa ideia está toda montadinha dentro da cabeça, termina não aparecendo com tanta facilidade.
Tem mais: ele proporciona aos empreendedores uma ferramenta eficiente para organizar as ideias a fim de iniciar ou expandir o negócio e apoiar a gestão, além de trazer a confiança necessária para desenvolver ações conjuntas com parceiros estratégicos.
Por isso, listamos os principais motivos para você ter sempre o seu plano como prioridade no seu negócio.
– Facilita a obtenção de recursos junto a bancos e investidores ao demonstrar a viabilidade financeira da empresa;
– Permite negociar crédito e formas de pagamento, estreitando relações, com os fornecedores;
– Fortifica a imagem da empresa diante dos principais clientes ao divulgar e vender os benefícios dos produtos e serviços;
– Melhora a comunicação interna e gera comprometimento ao esclarecer para os empregados seu papel na empresa.

Mas o que tem que conter neste documento para que ele seja eficiente no seu propósito?

Bom, ele precisa ter clareza para que o empreendedor consiga entender o que é que ele vai entregar para seu cliente, não somente na relação material do produto ou do serviço, mas em relação ao valor, e de que modo vai conseguir fazer com que essa entrega seja constante.
O plano de negócios também vai direcionar quem são as pessoas que estarão envolvidas nesse processo e quais são os detalhes que precisam de maior atenção.
Algumas das informações importantes que o documento deve ter são estudos sobre a os concorrentes, com possíveis vantagens e diferenciais sobre eles. Deve incluir as regiões onde o produto terá uma maior comercialização, entre outras informações importantes.
Os dados em um plano eficaz mostrarão com bastante precisão o retorno do negócio, levando em consideração o investimento feito.
Por fim, para conseguir fazer um plano de negócio de forma que ele funcione, é preciso muito tempo e, como já mencionamos mais acima, planejamento. Necessita-se de profissionais capacitados que conheçam bem o mercado em que o empreendedor está prestes a entrar ou aquele em que já atua. Tudo aquilo que for registrado deve ser feito com estudos e informações verídicas e não aquilo que o empresário ache melhor. Um trabalho estruturado que, sem dúvida, vai fazer toda a diferença guiando e mostrando o caminho certo a ser percorrido.

FONTE: Blog ANCEV

Siga-nos nas Redes Sociais

Posts Recentes

Fique atualizado

Cadastre-se em nossa Newsletter

Não enviamos spam, apenas e-mail com matérias, notícias e atualizações do Criciúma Business Center.

Seu escritório pronto, na hora que você precisar.

Fale com nossos consultores e reserve seu espaço no trabalho