A diferença entre Escritório Virtual e Coworking

A diferença entre Escritório Virtual e Coworking

Você sabe qual a diferença entre “escritório virtual” e “coworking”?

Atualmente, praticamente não existe mais diferença entre os 2 conceitos, ambos são escritórios compartilhados. Como são atividades que se completam, a maioria das empresas opta por oferecer os 2 serviços combinados. Enquanto para os escritórios virtuais, o espaço coworking é um dos serviços oferecidos, para os chamados coworkings, os serviços de escritório virtual também entram na lista dos seus serviços.
Historicamente os escritórios virtuais são mais antigos e começaram a se espalhar pelo Brasil a partir da década de 90, enquanto os coworkings a partir de 2009. Os escritórios virtuais sempre visaram oferecer uma opção de escritório compartilhado com redução de custos e agilidade para a instalação de empresas, reduzindo a burocracia de registro e o investimento de montagem de estrutura de uma sede. A princípio, os escritórios virtuais seguem a linha mais corporativa e formal, enquanto os primeiros coworkings seguiam uma linha mais despojada e liberal, até mesmo na forma como seus usuários usavam para se vestir para frequentar os ambientes.
Os coworkings surgiram oferecendo aos profissionais uma possibilidade de interação maior ainda do que nos escritórios virtuais, pelo fato de trabalharem em ambientes sem divisão de salas. Além do aspecto informal, havia a diferença na forma como eram estruturadas as atividades, enquanto os escritórios virtuais ofereciam, além das salas compartilhadas de reuniões e treinamentos, salas privativas para trabalho e atendimento, secretária, atendimento telefônico e endereço fiscal, os coworkings ofereciam um espaço de trabalho compartilhado para facilitar o aumento da networking dos seus usuários.
Hoje, no entanto, numa rápida pesquisa pela internet pode-se encontrar vários coworkings com estruturas semelhantes às dos escritórios virtuais e oferecendo os mesmos serviços, da mesma forma que os escritórios virtuais em geral também oferecem aos seus clientes uma opção de espaço de trabalho no formato coworking, para aqueles que não querem privacidade, mas sim interação com outros profissionais.
Como pode-se perceber, as atividades são complementares e de forma prática possuem pouquíssima diferença entre ambas, a não ser naqueles coworkings que ainda mantém a estrutura num único ambiente de trabalho sem oferecer os demais serviços que são oferecidos pelos escritórios virtuais, como as salas privativas, atendimento de secretária e endereço fiscal.
Ao optar por contratar um ou outro modelo de escritório compartilhado, é necessário verificar quais são as suas necessidades nos quesitos: desenvolvimento do seu trabalho, atendimento a clientes e custos mensais. Como hoje existem várias opções, invista na pesquisa de como atuam essas empresas e nas qualificações e depoimentos dos clientes usuários desses escritórios.
Na dúvida, faça uma visita, conheça a estrutura e a equipe de atendimento e faça a escolha que melhor couber no seu bolso e na sua necessidade.

Lembre-se : “Seu escritório pronto, na hora que você precisar”.

Criciúma Business Center, pioneiro em Criciúma, desde 12/2008.

Por Tania Maria Colombo Esteves




Criciúma Business Center

Post por Criciúma Business Center





Travessa Germano Magrin, nº 100 | Ed. Parthenon | Salas 501 e 502
CEP 88802-090 | Centro | Criciúma - SC

(48) 3045-1418

Criciúma Business Center - Todos os Direitos Reservados